domingo, 26 de dezembro de 2010

Eu e o Rio



Perto de casa tem um rio, que segundo meus pais tinha muito peixes, mas com o passar do tempo ficou poluído, nunca parei para observá-lo, mas um dia o mesmo começou chamar a minha atenção e toda vez que passava perto dele vinha em minha mente à frase: Eu e o Rio.

Isso começou a me deixar intrigada por que desta frase, então comecei mentalmente a conversar com ele e observá-lo.

E disse:

-Fico triste, pois sei que você já limpo e hoje infelizmente esta sujo e feio.

E me veio uma resposta mentalmente, mas triste ainda, que me fez sentir vergonha.

Ele me disse:

-Eu não sou feio e nem sujo, simplesmente sou um espelho que reflete os seres humanos, que ao me ver e como se estive se vendo a si próprio. Se eu fosse feio sujo, os pássaros não bebiam de minha água e nem flores e matos cresciam ao meu redor então me observe melhor e vera o que os pássaros e a natureza vêem em mim. E realmente passei alguns minutos observando as águas deste rio por vários dias e um segredo muito lindo se manifestou para mim e isso eu não conto, pois cada um descobrirá sozinho.

A natureza é tão sabia que não devemos subjugá-la pois tudo que nasce, cresce, se movimenta e morre tem vida uma vida diferente da nossa, mas é uma vida que também devemos respeitar.

Uma frase:

O homem leva séculos para construir e um minuto para destruir

Texto : Nanan

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Quintessência

Na ciencia
Quintessência (quinta essência) é uma alusão à Aristóteles, que considerava que o universo era composto de quatro elementos principais - terra, água, ar e fogo-, mais um quinto elemento, uma substância etérea que permeava tudo e impedia os corpos celestes de caírem sobre a Terra. Em 1998, três astrofísicos da Universidade de Pensilvânia - Robert Caldwell, Rahul Dave e Paul Steinhardt - reintroduziram o termo para designar um campo dinâmico quântico que é gravitacionalmente repulsivo.
A dinamicidade é a propriedade mais atraente da quintessência. O maior desafio de qualquer teoria de energia escura é explicar o fato de ela existir na medida exata: numa quantidade não tão grande para impedir a formação das galáxias no universo primordial, e nem tão pequena que não pudesse ser detectada agora. A energia do vácuo (a constante cosmológica de Einstein), é totalmente inerte, mantém a mesma densidade o tempo todo. Portanto, para explicar a quantidade de energia escura hoje, os valores da constante cosmológica deveriam ter sido muito bem sintonizados na criação do universo para ter o valor adequado com as observações de hoje. Em contraste, a quintessência interage com a matéria e evolui com o tempo, de forma que se ajusta naturalmente aos valores observados na época atual.
Fonte:"The quintessencial Universe", Scientific American vol12, número 2, 2002, pagina 41.

Na espiritualidade
Para os alquimistas, a quinta-essência é o poder, a qualidade e a virtude de tudo e de cada coisa na natureza. Pode ser considerada como um quinto elemento dentro de toda a matéria. Como tal, ela forma a base a partir da qual fluem os quatro elementos facilmente visíveis: o fogo, a água, o ar e a terra. Circulando de forma muito subtil, penetra em todos os objectos, e, ainda que oculta dentro de toda e de cada substância, pode ser reconhecida. Todavia, os anti-tabagistas mais radicais jamais terão acesso à totalidade da quinta-essência desta fotografia de Jean-Luc Godard e de Anna Karina, tirada em 1961 no dia do seu casamento.

Postagens populares

blog licenciado

Creative Commons License
Bruxaria cristã by Levar novos conhecimentos is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at bruxariacrista.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://bruxariacrista.blogspot.com/.